“América Primeiro”, Mas Quem Será o Segundo?

Por Faisal Irshaid

BBC News

Em seu discurso de posse, em janeiro, o presidente Donald Trump disse: “Será apenas a América em primeiro lugar.”

_94243273_705d8a6b-e395-4810-be2b-ec30a7bfe2d1

Não demorou muito para os comediantes usarem isso como uma oportunidade para algumas sátiras políticas e para fazerem piadas sobre qual país poderia, então, ficar em segundo lugar.

Algumas semanas atrás, o show holandês Zondag Met Lubach lançou um vídeo promocional satírico, apelando de forma irônica ao Sr. Trump para escolher Os Países Baixos em segundo lugar, depois, é claro, da “América em primeiro lugar.” “Entendemos totalmente que será a América primeiro – mas podemos apenas dizer,” Os Países Baixos em segundo? ”. Assim termina o vídeo.

Após a transmissão do vídeo, um grupo on-line que se autodenomina Every Second Counts convidou humoristas do Twitter do mundo todo para produzir vídeos semelhantes e provar, satiricamente, porque seus países são dignos de serem escolhidos pelo Sr. Trump.

Desde que Zondag Met Lubach lançou seu vídeo, em 23 de janeiro, humoristas de 18 países, incluindo 14 da Europa, produziram vídeos, que têm atraído milhões de visualizações e se tornaram virais em plataformas de mídias sociais. Os vídeos começam com o som de um narrador, fingindo ser o presidente, dizendo: “Esta é uma mensagem do governo de …”

Os vídeos usam a retórica inspirada por discursos do presidente e falam, ironicamente, sobre o orgulho nacional, elogiando seu país e falando sobre assuntos não relevantes.

No vídeo de Zondag Met Lubach, o narrador alega que a língua neerlandesa é, de longe, a melhor língua europeia, o que deve colocá-los à frente da corrida pelo segundo lugar.

Ele diz: “Nós falamos neerlandês. É a melhor língua da Europa … dinamarquês é um desastre total. Alemão nem é nem mesmo uma língua real. É falsa.”

Os vídeos também se referem às questões políticas mais graves.

Zombando dos planos do Sr. Trump para construir um muro ao longo da fronteira com o México, o vídeo holandês diz: “Esta é o Afsluitdijk [uma ponte construída pelo homem]. É uma grande, grande muralha que nós construímos para nos proteger de toda a água do México.”

A conta do grupo no Twitter, @Itsgreat, criada no final de janeiro, tem mais de 65.000 seguidores. A hashtag, #everysecondcounts, criado com a conta, tem sido usado mais de 30.000 vezes.

O grupo também lançou um site com um mapa do mundo, permitindo que as pessoas naveguem por continente e país e assistam aos vídeos criados pelos humoristas.

O comediante alemão Jan Boehmermann criou um vídeo sobre o seu país. No entanto, um vídeo divulgado pelo programa Late Night Swiss Deville está entre os mais populares, tendo atraído quase 10 milhões de visualizações. Ele se refere ao país como o “mais sexy da Europa”. O vídeo zomba da palestra do Sr. Trump sobre o México – e a parede – dizendo: “A Suíça é muito segura, pois não existem mexicanos lá.”

Humoristas do Irã também produziram um vídeo, falando sobre as relações EUA-Irã e a política do Oriente Médio. No vídeo, sugere-se que Irã e Iraque frequentemente são confundidos, porque as duas línguas são escritas de forma semelhante. Fingindo ser Sr. Trump, o narrador diz: “É disso que estamos realmente com medo, que você confunda os nomes.” No final do vídeo, ele diz: “América primeiro, mas podemos dizer Irã antes do Iraque?”

Dentre os mais recentes países a produzirem um vídeo está a Eslovênia, com a frase: “Temos até a palavra” amor “em nome do nosso país”. 

slovenia-love-vodka-85147308

Entre os outros países que já entraram na onda e produzirem vídeos estão:

Singapura

Áustria

Espanha

Itália

Luxemburgo

Portugal

Finlândia

Croácia

Marrocos

Namíbia

Austrália

Imagino que este número irá crescer, mas por enquanto, você pode conferir os vídeos clicando nos nomes acima.

De qual deles você mais gostou? Deixe sua opinião nos comentários! 😉

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *