Arquivos da categoria: Livros que viraram filmes

[Livros que Viraram Filmes] Alice Através do Espelho

Este filme é baseado na obra clássica de Lewis Carroll “Alice Através do Espelho e O Que Ela Encontrou Por Lá”, também conhecida por “Alice no País dos Espelhos”, publicada inicialmente em 1871.

Esta obra é considerada uma continuação do famoso “Alice no País das Maravilhas”, de 1865.

A versão cinematográfica tem previsão de estreia em 27 de maio de 2016. O filme é dirigido por James Bobin, e conta com Johnny Depp, Anne Hathaway e Sacha Baron Cohen no elenco.

 

[Livros que Viraram Filmes] Philomena

“Philomena – Uma Mãe, Seu Filho e Uma Busca que Durou Cinquenta Anos” é o título do livro de Martin Sixmith, que traz a história real de uma mãe obrigada a dar o seu filho à adoção durante a adolescência. Pelo resto de sua vida, no entanto, ela não para de procurá-lo. Philomena é interpretada por Judi Dench, enquanto Steve Coogan dá vida ao jornalista que a ajuda na busca. O filme caiu nas graças da Academia americana, e está indicado ao Oscar de melhor filme, atriz, roteiro adaptado e trilha sonora.

[Livros que Viraram Filmes] A Menina que Roubava Livros

Adaptada do livro de Markus Zusak, A Menina que Roubava Livros conta a história da jovem Liesel Meminger (Sophie Nélisse).

Desde o início da vida de Liese,l na rua Himmel, uma área pobre de Molching, cidade próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido de sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona-de-casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, ‘O manual do coveiro’. Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro dos vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes. E foram esses livros que nortearam sua vida naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de roubá-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto da sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar.

[Livros que Viraram Filmes] Um Sonho de Liberdade

Baseado no romance “Rita Hayworth and Shawshank Redemption”, de Stephen King, Um Sonho de Liberdade apresenta a história de Andy Dufresne (Tim Robbins), um banqueiro acusado à prisão perpétua pelo assassinato de sua esposa e seu amante.

Preso durante 20 anos, ele se torna amigo de Ellis “Red” Redding  (Morgan Freeman) e conquista espaço na prisão usando a inteligência se revelando uma personalidade diferente dos outros detentos. Mais que a vida atrás da grades, Um Sonho de Liberdade traz uma discussão profunda sobre a liberdade, a esperança e o senso de justiça.

Continue lendo