Eu Serei Feliz Quando …

A maioria de nós, em algum ponto ou outro, acha que será feliz uma vez que alcançar um objetivo em particular. Alguns exemplos:

“Eu serei feliz depois que eu…”

  • Terminar a faculdade;
  • Ganhar um milhão de reais;
  • Me casar;
  • Perder 20 quilos;
  • Arrumar um bom emprego;

… e assim por diante.

Para ser sincera, eu também pensava assim. Por muitas vezes eu imaginei que a satisfação e o sucesso viriam depois que eu ganhasse um bom dinheiro, tivesse meu próprio negócio, mudasse de cidade ou qualquer outro objetivo que tivesse em mente.

A sociedade nos diz que isso é algo bom. Ouvimos falar de atletas que nunca estão satisfeitos até que tenham alcançado o topo; ouvimos falar de empresários que trabalharam como loucos para construir um negócio que mudou o mundo. A ideia básica é que, para ser motivada, você também tem que estar insatisfeita. Insatisfeita com o segundo lugar. Insatisfeita com a média.

Então, você tem o outro lado da equação: pessoas que estão felizes com a vida como ela é. Elas dizem que você precisa desenvolver a habilidade de “não querer mais”. Que você pode ser feliz onde você está agora. Que você já é perfeita.

Aqui está o problema: eu quero os dois! 

Talvez você também queira.

Eu gosto de ser feliz. É divertido. Eu não quero atrasar a felicidade até que eu alcance algum marco. Mas eu também gosto de melhorar. Eu não quero me contentar com menos do que eu posso fazer na vida. Eu quero ser feliz durante o caminho e alcançar meus objetivos nessa jornada.

Por um longo tempo, me incomodava o fato de que ser feliz e ser motivada parecessem estar em desacordo um com o outro. Se você quer maximizar o seu potencial, então tem que continuar trabalhando para tornar-se melhor, tanto antes quanto depois de atingir um determinado objetivo.

Por exemplo, se o seu objetivo era ganhar um milhão de reais e você conseguiu, por que você iria continuar trabalhando duro depois disso?

Resumindo, quando você consegue mais de alguma coisa, ela se torna menos valiosa. Esta é uma teoria econômica, e também uma tendência na vida real.

7560c2edf24c6d74e3e3286f2f38f562Se você não tiver nenhum dinheiro e ganhar 10 mil reais, isso será um grande negócio. Mas se você já ganhou 1 milhão, ganhar mais dez mil não parece mais tão significativo. Ganhar cada centavo, no início, significa muito, mas passa a ter menos importância ao longo do tempo. Em outras palavras, as metas e os resultados que parecem tão valiosos para você, no começo, tornam-se menos valiosos à medida que você consegue mais deles.

Sendo assim, a única maneira de manter a chama acesa antes e depois de atingir as metas é amando o que você faz, e amando quem você é! Quando você aprende a amar todo o processo daquilo que está fazendo e não se concentra tanto no objetivo, você encontra automaticamente a felicidade e continua motivada, mesmo quando já atingiu e superou seus objetivos iniciais. Feliz e motivada. Dá para ser os dois, sim!

Você será feliz quando se permitir ser, por isso, porque não começar agora mesmo?

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *